terça-feira, 7 de junho de 2011

Eu quero falar de amor

Por Cinthya Peixe

A maioria das pessoas costuma escrever sobre desilusões amorosas, desencontros, dor e adeus. Será que é mais fácil escrever sobre coisas ruins ou é mais difícil falar de amor? Eis a questão.
Resolvi fazer diferente e quero falar de amor. Esse sentimento que domina meu coração e me acompanha sempre.
Por que eu falaria de coisas ruins se eu possa dizer o quanto eu sou feliz de ter o poder de amar?
Todo mundo diz que quer amar, mas pouco tem o poder de amar. Poucos não tem medo da intimidade, de se entregar e de amar. Porque é muito fácil dizer que você precisa de alguém, o difícil é estar disposto e aberto para o amor, já que o amor precisa sim de tempo, dedicação e compromisso, precisa do toque e da presença do ser amado.
Mas eu acredito também que muitas vezes é necessária uma decepção para que possamos aprender que a nossa vida não é feita apenas de alegria, mas também de tentativas. Se não deu certo uma vez, mesmo que você quebre a cara, sempre é tempo de recomeçar. Por que eu deixaria tudo para trás se a vida está me dando mais uma chance de ser feliz?
Nunca procurei o amor, ele apareceu quando eu menos esperei e veio de uma um lugar de onde eu menos imaginei. Por isso não crie expectativas e não procure por ele.
Se é pra sempre eu não sei, mas é o que no momento eu escolhi para chamar de meu, o meu amor.  Quem já sentiu o amor dentro de si sabe do que estou falando...

12 comentários:

  1. Onw obrigada! Esse tal amor cafona habita dentro de mim .. rs'

    ResponderExcluir
  2. Lindo...o amor é assim: aparece quando menos se espera e de onde menos se imagina.

    ResponderExcluir
  3. São poucas as pessoas que encontram um amor. Sorte sua, tenho inveja de você, continuo solitário :(

    ResponderExcluir
  4. "Se não houver amor, de nada vale!"

    ResponderExcluir
  5. "Se não houver amor, de nada vale!" 2

    ResponderExcluir
  6. Que não seja eterno, posto que é chama, mas que seja infinito enquanto dure!

    ResponderExcluir
  7. é como a coca-cola diz: existem razões para acreditar. :B

    ResponderExcluir
  8. que lindo amiga, eu na maioria das vezes escrevo sobre o sofrimento que o amor causa, mas ler textos como esse teu me fazem acreditar que tem uma luz no fim do túnel. Adorei :)

    ResponderExcluir
  9. as pessoas escrevem sobre o sofrimento amoroso pq têm aquela ideia de que o amor deve ser perfeito, com apelidinhos e cheirinhos o tempo todo. Na verdade o ato de amar exige aceitação e abnegação em favor do outro. Não se deve pôr sua felicidade em alguém pq pode não aparecer. O objeto amado surge quando temos o amor dentro de nós, e que deseja sair.Gostei do texto.

    ResponderExcluir
  10. Realmente, as pessoas muitas se decepcionam porque acham que o amor deve ser perfeito... Nada é perfeito, nem esse sentimento tão sublime.

    ResponderExcluir
  11. Realmente, muitas pessoas se decepcionam porque acham que o amor deve ser perfeito... Nada é perfeito, nem esse sentimento tão sublime.

    ResponderExcluir