segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Tudo o que preciso dizer

Abri meus olhos e tudo ainda estava escuro. Não, não tinha nenhum som além das batidas meio que apressadas do meu coração. Meu coração nunca teve modos ele sempre teve pressa. Eu mando em meus olhos, meus ouvidos, e minhas pernas, mas meu coração nunca me ouviu. Ele tem vontades próprias. Ele segue seu caminho.

Não sei se eu estava pronto. Mas a gente tem que tá pronto? O que sempre me disseram que é que para essas coisas de coração não existe preparação existe entrega. Então eu me entrego me rendo a tudo o que este meu coração quer viver. Tudo isso que ele grita que quer viver.

O Amor tem pressa mesmo, ele é feito do abraço de hoje, do beijo de ontem e dos sonhos do amanhã, então eu me entrego antes que seja tarde, antes que eu me perca, antes que eu nos perca.


PS, eu te amo.

3 comentários:

  1. ' Estrelinhas ao seu mais novo texto. "O Amor tem pressa mesmo, ele é feito do abraço de hoje, do beijo de ontem e dos sonhos do amanhã..." Entregue-se! =)

    ResponderExcluir
  2. Bárbara Cavalcanti13 de dezembro de 2011 04:04

    ''Eu mando em meus olhos, meus ouvidos, e minhas pernas, mas meu coração nunca me ouviu.'' Pense numa verdade, lindo o texto *---*

    ResponderExcluir
  3. Sim, o tempo não para e o amor evolui. É essa a ordem das coisas.

    ResponderExcluir