quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Teu

È tão sutil o modo como penso em ti que 
As vezes nem sinto que está aqui entre minhas palavras, 
Que é hospede em meus pensamentos. 
De alguma maneira meu sangue 
Corre em direção ao teu 
Querendo se perde em tuas veias, 
Buscando uma maneira de ser 
Completamente teu.


PS, te amo.

3 comentários:

  1. Bom dia.
    Desculpa o incomodo, mas venho hoje pedir que olhe com carinho meu blog de resenhas literárias, o O Leitor.
    Se puder fazer parte, agradecemos.

    Obrigada e uma ótima quinta-feira. Beijos,

    Pamela.

    ResponderExcluir
  2. Ser inteiramente ou completamente de alguém está no grande espaço de uma doce realização ...

    ResponderExcluir
  3. "È tão sutil o modo como penso em ti que
    As vezes nem sinto que está aqui entre minhas palavras." Lindos versos.

    ResponderExcluir