sábado, 5 de janeiro de 2013

Carta para o meu amor I

Hoje lembrei do gosto doce do teu beijo que faço questão de guarda em um lugar único da minha memória. Lembrei dos teus lábios macios quando encontram o meu, do jeito único do teu beijo com língua e lábios, que fazem minha alma aquecer. Lembrar disso tudo faz diminuir essa distancia de rios e terras e te ter aqui bem pertinho quando fecho os olhos.

Você deve tá rindo do meu jeito bobo de ser, mas sabe que saudade devia ser meu segundo nome. Sentimento que eu só aprendi contigo. Uma cosquinha gostosa no peito, uma vontade enorme de te ver ou ouvir a tua voz, um desejo louco de sentir o calor do teu corpo. É assim que eu sei que estou com saudade.

Saudade de fazer carinho na tua barba, de te abraçar de conchinha, de rir contigo das tuas cosquinhas depois do sexo. Saudade de ir ao seu trabalho e ficar lá calado ao teu lado, mas como hoje me deu uma saudade do teu silêncio, amor. Da tua cara quando estás zangado, da tua melancolia, dos momentos difíceis. Saudade de ser poesia na tua cama. Sonha comigo está noite.

PS, Te amo.

Um comentário:

  1. ' Outra vez uma linda carta."O amor é lindo". =)

    ResponderExcluir